Notícias

Exclusivo: Binance poderá aceitar Reais em breve para negociação de Bitcoin e criptomoedas no Brasil

Por Cointelegraph Brasil*

Binance

A Binance, uma das principais exchanges do mundo, e que abriu oficialmente um escritório no Brasil neste ano, declarou ao Cointelegraph, por meio Mayra Siqueira, responsável pela Assessoria de Imprensa da exchange, que a plataforma pode, em breve, aceitar depósito em Reais para negociação de Bitcoin e criptomoedas na plataforma. Siqueira conversou com o Cointelegraph por meio de uma entrevista realizada por João Lyra, Business Development na Cointelegraph Brasil.

“(aceitar depósito em reais) É uma ideia, sem dúvidas, e estamos trabalhando nisso. Claro que esse tipo de atividade leva tempo para ser realizada, com um parceiro de confiança e que trabalhe de acordo com as regulações do Brasil, políticas KYC e tudo em que se aplique a cooperação com o governo no mercado financeiro”, disse.

Siqueira destacou que a prioridade inicial da Binance é aumentar o market share da companhia no país e o atendimento em português para clientes da Binance no Brasil. No entanto, nos planos de expansão da empresa e buscando personalizar os serviços no Brasil, a Binance pretende oferecer negociação fiat-cripto com depósito em reais.

“Eu sou responsável pelo mercado brasileiro, focando em aumentar o market share através de conscientização da marca e atendimento e gestão na comunidade, assim como apoio ao time estratégico e de desenvolvimento de negócios. A ideia de aumentar o time com dedicação ao Brasil é realmente entender a dinâmica do mercado nacional e do grande potencial que é a América Latina para o mundo de criptomoedas. Então primeiro focamos em ter um atendimento melhor e em português para os clientes locais, para então expandirmos a comunidade, melhorar e personalizar os serviços no Brasil, e então estudamos as possibilidades inclusive de parcerias para soluções fiat-to-cripto no futuro”, afirmou.

Ainda segundo Siqueira o mercado de criptomoedas vem crescendo a cada ano e que isso vem levando a uma profissionalização da indústria, “Eu mergulhei no mercado de criptos de vez quando comecei a trabalhar na Foxbit, no time de Marketing, depois da minha carreira em redação como jornalista. É perceptível que o mercado brasileiro está em constante crescimento e exigindo um cuidado profissional”

Siqueira destacou também que a América Latina é ‘a bola da vez’ para o mercado de criptomoedas e que grandes empresas globais, como a Binance, veem muitas oportunidade no país.

“A América Latina é vista – e não à toa! – como o mercado mainstream pro futuro, e a Binance enxerga muitas oportunidades. São mais de 65 exchanges de criptomoedas no Brasil, o que mostra que há um interesse crescente no mercado local. Nós anunciamos diversos novos produtos e features recentemente, como Binance Futures (e a alavancagem inédita de 125x e um sofisticado sistema de gestão de risco), nossos parceiros nos Estados Unidos recentemente introduziram a tecnologia Binance no mercado local, com foco no mercado e estratégia do país, estamos acelerando o desenvolvimento de Launchpads, e queremos continuar crescendo neste mercado tão fértil que é o da América Latina. Queremos ouvir os brasileiros, receber seus feedbacks, suas ideias, e convidá-los a integrar nossas comunidades”, finalizou.

* Matéria escrita por Cassio Gusson e publicada originalmente em Cointelegraph Brasil.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:
Projeto mantido por:
Media Partners: