Notícias

Surge a maior rede de serviços financeiros blockchain do mundo

Plataforma Calastone migrou seu suporte para rede distribuída. Serão 1800 clientes, em 41 países, dispondo de serviços financeiros blockchain integrados e de tempo real

 

Por CoinDesk e WeBitcoin

A Calastone, líder global na gestão de investimentos em fundos múltiplos, está colocando em operação, hoje, a maior comunidade mundial de serviços financeiros via blockchain. Isso porque a companhia migrou seu suporte para uma infraestrutura de mercado distribuído (DMI), conforme informação também disponibilizada no site oficial. Há cerca de dois anos, tinha sido divulgada a conclusão da fase de testes que verificava a viabilidade de uso do blockchain para a criação de um mercado internacional de trading e liquidação de fundos.

A mudança é celebrada pelo diretor de inovação da empresa, Campbell Brierley, como um passo qualitativo, permitindo integrar e tornar mais competitivo o mercado de operação de fundos. Ademais, o lançamento da plataforma DMI vai permitir que, de qualquer lugar do mundo e em tempo real, sejam realizadas transações por organizações componentes da rede associada à Calastone, independentemente do tamanho ou escala de operações financeiras. Do mesmo modo estará agregado um serviço de sub-registro, que permite a geração de um histórico de movimentações que será compartilhado entre parceiros comerciais de qualquer ponto da cadeia de distribuição.

 

Novidade que também gera economia

A expectativa da empresa, com a migração para o sistema suportado pela tecnologia blockchain é de que a que a indústria de fundos mútuos economize mais de 4 bilhões de dólares por ano. Isso tendo em vista a economia gerada, por exemplo, pela eliminação dos processos de liquidação de fundos manuais, que envolviam mais de 9 milhões de mensagens e transações no valor de US $ 217 bilhões por mês entre compradores, vendedores e distribuidores.

“Aproveitando a mais recente tecnologia, somos capazes de fornecer à comunidade de gestão de investimentos as ferramentas necessárias para controlar o risco e o custo, atendendo às crescentes necessidades dos investidores”, diz Julien Hammerson, CEO da Calastone, no comunicado oficial lançado pelo site da empresa.

Com sede em Londres e escritórios em Luxemburgo, Hong Kong, Taiwan, Cingapura e Sydney, a Calastone contabiliza 1800 clientes, de 41 países e já tem como norte o uso de tecnologia inteligente e o estabelecimento de quesitos de colaboração.

Matéria escrita pelas Redações dos seguintes portais: CoinDesk e WeBitcoin.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:
Projeto mantido por:
Media Partners: