Notícias

[Fórum Blockmaster 2018] O poder é delas! Falando de tecnologia

*Por Bianca Borges

 

No segundo dia do Fórum Blockmaster, principal evento de blockchain e criptoativos do país, as mulheres do setor marcaram presença. No painel, “O poder é delas, falando de tecnologia”, especialistas da área compartilharam suas visões a respeito do mercado e trouxeram reflexões interessantes.

Especialistas do mercado de Blockchain e Criptomoedas falam sobre a presença feminina na área e a evolução do setor

 

A inclusão das mulheres na área de Blockchain

A  Offering Management da UBS Switzerland AG, Clarissa Vale, brasileira que atua na Suíça iniciou o painel abordando a questão da inclusão das mulheres na área de blockchain.

“Tem muito mais motivação na Suíça nesse momento para incluir as mulheres na blockchain. Eu não acho necessário ter uma cota para manter uma igualdade de gêneros no mercado. As mulheres precisam sentir que elas têm o poder, e não há necessidade de questionar o gênero. Eu estou aqui porque sou uma boa profissional, sei o que estou fazendo e não me sinto intimidade em trabalhar com mais homens que mulheres”, declarou Clarissa.

Para a Advogada Emília Campos, Sócia do Malgueiro Campos Advocacia e Diretora de Compliance, o essencial para conquistar espaço nesse mercado é acreditar no seu trabalho e no profissional que você é. “Eu acho que se você tem convicção e certeza das suas capacidades profissionais, estar em uma área com predominância de profissionais do gênero masculino não é um problema. Se você não tiver certeza do que faz, do quão bom é o seu trabalho, qualquer ambiente pode te intimidar, sendo ele predominantemente masculino ou não”.

 

A evolução do mercado

Durante o debate, as especialistas falaram sobre a evolução da blockchain e dos criptoativos. A canadense, Daria Generalova, Co-founder da ICOBox, enxerga uma grande evolução no mercado e confia na tecnologia para alavancar as melhorias necessárias.

“O ponto principal é que, hoje, a posição que o mercado está atualmente é bem melhor que há dez anos atrás. Esse é o novo mercado. É claro que existem altos e baixos, mas a tecnologia é grandiosa e pode nos auxiliar em todos os desafios”, afirmou.

Daria também destacou que os produtos baseados em blockchain estão ganhando cada vez mais presença em nossas vidas. “As pessoas estão pensando o que vão fazer com essa tecnologia de blockchain, nós não temos muitos produtos prontos, mas isso está se tornando realidade“.

É fato que a blockchain está conquistando espaço e para Tatiana Revoredo, Co-fundadora do Global Blockchain Strategy, essa tecnologia beneficiará muito as empresas.

“A blockchain veio para o nosso ambiente para facilitar e trazer confiança para as empresas. Então eu acho que essa é uma das tarefas mais importantes para a blockchain”.

E, falando em confiabilidade, Clarissa comentou a respeito da privacidade dos dados pessoais e como essa tecnologia pode ajudar a empoderar os indivíduos.

“Você teria o seu registro estaria na blockchain e todo o controle dos seus dados estaria nas suas mãos. Você poderia decidir com quem vai compartilhar as suas informações. Eu acho que isso é muito importante porque, especialmente na Europa, nós temos a GDPR . Com uma solução de blockchain, nós vamos poder devolver aos donos dos dados, a decisão de compartilhar suas informações com quem eles quiserem e decidir quem vai monetizar essas informações”.

 

Como fazer esse mercado crescer?

O mercado de blockchain está se expandindo, mais e mais pessoas começam a conhecer essa tecnologia, porém é preciso intensificar esse processo. De acordo com Emília, um dos aspectos é promover uma mudança na maneira como as pessoas enxergam as criptomoedas.

“Uma coisa importa para que possamos mudar esse mindset: é que as criptomoedas precisam deixar de ser vistas apenas como um tipo de investimento. Elas devem ser enxergadas como um recurso para realizar transações sem intermediários. No futuro, muitas empresas vão focar nas criptomoedas como opção de pagamentos e não vão só usá-las para investimentos”.

Para a evolução desse mercado, existem alguns obstáculos que precisam ser superados. Tatiana comentou sobre isso:

“A respeito dos obstáculos nesse mercado, eu acho que nós temos algumas barreiras culturais, legislativas e tecnológicas. Nós também precisamos ter mais pessoas que entendam sobre o que é blockchain. Esses temas precisam ser mais entendidos para que esse mercado possa crescer”.

Segundo Clarissa, o que falta para o Brasil é conectar mais as pessoas com esse setor. A Offering Management , fez uma comparação em relação ao cenário na Suíça:

Eu acho que existe algo muito poderoso, e, atualmente no Brasil, talvez nós não sejamos tão conectados ao tema. Na suíça nós nos tornamos uma cripto nação, um ecossistema conectado com vários stakeholders que são aliados: governo, startups, agências reguladoras, desenvolvedores e a parte educacional. Todos estão reunidos juntos para desenvolver essa área. [..] O Brasil é muito grande, mas nós temos muitas pessoas aqui, e eu tenho a impressão que nós estamos muito descentralizados”.

Sem dúvida, para o mercado de blockchain crescer no país precisamos ter ainda mais pessoas interessadas em participar dele e que se capacitem para atuar nessa área. Daria contou sobre sua dificuldade de encontrar profissionais capacitados há pouco tempo atrás, mas, segundo ela, esse quadro já está começando a mudar e o futuro é promissor.

“O fator que mais influencia nessa questão são as pessoas. Pra gente foi difícil encontrar pessoas capacitadas. Agora, dois anos depois, as pessoas já estão chegando para conhecer mais sobre a criptografia. […] Eu acho que essa indústria vai crescer muito em poucos anos e nós vamos ter números grandiosos nesse mercado”, finalizou Daria.

 

*Bianca Borges é jornalista formada pela Universidade Anhembi Morumbi. Analista de Conteúdo na Blockmaster e no Digitalks, também tem experiência nas áreas de assessoria de imprensa e gestão de mídias sociais. Gosta de escrever sobre diversos assuntos mas, atualmente, seu foco é Digital.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:
Projeto mantido por:
Media Partners: