Notícias

Especialista: Cidades como Londres devem ter a própria criptomoeda

Renomado especialista afirma que grandes cidades devem possuir uma criptomoeda de uso local

 

Por WeBitcoin

De acordo com David G.W Birch, autor, consultor, comentarista e especialista em tecnologia financeira global, cidades como Londres deveriam possuir a própria criptomoeda.

Durante uma audiência na 72ª conferência do Instituto CFA, associação global de profissionais de investimento, o autor afirmou que está na “hora de Londres ter seu próprio dinheiro”. Explicando seu ponto de vista, o autor citou casos similares, como a criação da S-Coin em Seul, e a cidade americana de Berkeley, na Califórnia, que anteriormente anunciou planos para desenvolver a própria moeda digital para a compra de títulos municipais.

Outro caso ainda mais recente que aparentemente não foi citado por Birch é o de Belfast, capital da Irlanda do Norte. Aparentemente a cidade possui planos para o lançamento da Belfast Coin, moeda que será oferecida aos residentes locais como recompensa por “ações positivas”, além de impulsionar “o crescimento econômico e ajudar a alcançar melhorias ambientais”.

Os “5Cs”

Falando sobre a emissão de criptomoedas, o especialista afirmou que havia uma regra de “5Cs” (referendo-se aos termos em inglês) na qual o público deveria focar para descobrir quem “poderia, deveria ou iria emitir moedas digitais”.

Seriam eles Bancos Comerciais (Commercial Banks), Bancos Centrais (Central Banks), Criptografia, Empresas (Companies), e Comunidades. De acordo com Birch, Bancos Comerciais seriam responsáveis pelo lançamento de moedas digitais; Bancos Centrais pelo de moedas fiat digitais; Criptografia por criptomoedas; Empresas por moedas privadas; e Comunidades (no caso, cidades) por moedas descentralizadas.

O especialista fez ainda comparações sobre o que ele se referiu como “dinheiro burro” e “dinheiro inteligente”, sendo o primeiro o qual “você pode tomar decisões sobre” e o segundo o qual “pode tomar decisões sobre você”. Ele contrastou ainda os conceitos de dinheiro como “criação estática do Estado-nação” e “propriedade dinâmica das comunidades”, enfatizando sua opinião sobre a criação de criptomoedas locais em grandes cidades.

Birch ainda dedicou algumas palavras à nova criptomoeda do Facebook, que aparentemente será lançada no próximo ano.

De acordo com ele, a moeda será muito utilizada caso venha a existir, visto que é muito mais prático enviar capital clicando em um botão nas redes sociais, do que recorrendo ao serviço de um banco.

Anteriormente, o WeBitcoin noticiou que Donald Tapscott, pesquisador, consultor especializado em estratégia corporativa e escritor do livro Blockchain Revolution, afirmou que futuramente a moeda corrente na China será uma versão digital do remimbi, atual moeda nacional.

Matéria escrita por Beatriz Orlandeli e publicada originalmente pelo WeBitcoin.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:
Projeto mantido por:
Media Partners: