Notícias

[DES 2019] IA e Blockchain: sinergia na era da automação

Novos modelos de negócios já nasceram e muitos outros ainda vão ser criados em função das tecnologias de blockchain e inteligência artificial

 

Por Flávio Horta*
Edição: Bianca Borges*

Podem parecer duas buzzwords juntas, mas as tecnologias inovadoras de IA (inteligência artificial) e blockchain são sinérgicas. Enquanto a IA traz automação para trabalhos que os seres humanos desperdiçariam muito tempo realizando, a blockchain confere transparência a sistemas que, tradicionalmente, precisam de um terceiro intermediário, e torna novos modelos de colaboração possíveis. É neste quesito que as cidades e os sistemas do futuro se parecem – só que ambos já estão construídos agora, ou seja, nós estamos vivendo o futuro.

Para falar sobre a sinergia de ambas as tecnologias; IA e Blockchain, Susan Oh, Fundadora e CEO da MKR AI esteve presente no DES 2019, o maior evento de transformação digital do mundo.

 

blockchain
Susan Oh no palco do DES 2019, em Madrid.

 

No início de sua palestra, Susan afirmou que os dados devem estar sempre no centro dos negócios. A fundadora e CEO da MKR AI, também ressaltou que só faz sentido a inteligência artificial para negócios e para o marketing porque as empresas coletam os dados dos consumidores. A partir disso, as máquinas conseguem aprender, analisando os dados e os comportamentos de todos nós, e são capazes de devolver respostas mais completas, ao invés de apenas mostrar um número ou dado.

Continuando com o discurso dos dados, Susan lembrou que a blockchain nasceu devido aos dados:

“Uma transação financeira, por exemplo, que vai de uma pessoa para outra, como um bitcoin, só é possível porque há confiança na tecnologia de transação dessas informações. Dinheiro no blockchain é dado, que pode ser transacionado com total segurança” explicou.

Novos modelos de negócios já nasceram e muitos outros ainda vão ser criados em função das tecnologias de blockchain e inteligência artificial. É importante ter em mente que os dados sempre devem estar no centro das estratégias das empresas que querem evoluir no marketing e desenvolver um melhor relacionamento com seu público-alvo.

No meu ponto de vista, os dados são tão importantes quanto a privacidade das informações dos consumidores que nós marqueteiros teremos que respeitar. Sem respeito aos consumidores, a indústria de comunicação vai ruir e tornar-se o vilão dos cidadãos do futuro.

*Bianca Borges é jornalista formada pela Universidade Anhembi Morumbi. Analista de Conteúdo na Blockmaster e no Digitalks, também tem experiência nas áreas de assessoria de imprensa e gestão de mídias sociais. Gosta de escrever sobre diversos assuntos mas, atualmente, seu foco é o setor Digital.

*Flávio Horta é empresário, publicitário e especialista em marketing digital, CEO / Founder do Digitalks – principal gerador de conhecimento e negócios na área digital – e Diretor de Eventos e Integração Nacional da ABRADi. Foi diretor de negócios na Media Factory, tem experiência no mercado de internet desde 1999, com passagens pelo BOL e UOL, além de ter montado o seu próprio e-commerce em 2002.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:
Projeto mantido por:
Media Partners: